Nosso Projeto escolar

  

Justificativa:

O Projeto realizado na Escola com aplicação da metodologia Psicopedagógica, incluindo atendimento a alunos, pais e agregados, professores, direção  e funcionários pretendendo atender o público alvo, de forma sistemática, cobrindo os  períodos da Unidade Escolar.

 

Fundamentação:

A Proposta de trabalho, parte do princípio que o próprio sujeito (aluno) seja autor de sua aprendizagem. Intervir nesse processo é usar mecanismos que contribuem para que o aprender do sujeito (aluno) da aprendizagem possibilite em ação dialética e dialógica, a transformação  da realidade, bem como, a transformação de si mesmo, quanto ao que diz respeito à eficiência do mesmo no auxílio da superação de suas dificuldades, fazendo sentido para sua vida, integrando prazer e compromisso.

As Teorias básicas do Projeto são:

A TCME – Teoria da Modificabilidade Cognitiva Estrutural e EAM - Experiência de Aprendizagem Mediada de Reuven Feuerstein, cujo pensamento central é que todo ser humano é capaz de aprender, o que pode ser facilitado com a presença de Mediação Humana Intencional. Piaget será o guia para criação de estratégias para exercício da autonomia, entendida como cooperação e respeito mútuo. Alicia Fernandes auxiliará no exercício de transformar queixas em pensamentos.

A TIM  - Teoria das Inteligências múltiplas de Howard Gardner. Ela sustenta  que as habilidades requerem algum tipo de inteligência, mas não necessariamente o mesmo tipo. Apresenta sete  tipos de inteligência acessíveis ao indivíduo, que são:

Inteligência Linguística – manifesta-se na habilidade para lidar criativamente com as palavras, nos diferentes  níveis de linguagem.

Inteligência Lógico Matemática – É a inteligência que determina a habilidade para raciocínio dedutivo, para compreensão de cadeias de raciocínio, além da capacidade para solucionar problemas envolvendo números  e elementos matemáticos.

Inteligência musical – que envolve a capacidade de pensar em termos musicais, reconhecer temas, ver como eles são transformados, seguir um tema no decorrer de um trabalho musical e, mais ainda, produzir música, organizar sons, discriminação de tons, timbres e temas.

Inteligência espacial – abrange a habilidade de relacionar padrões, perceber similaridade nas formas e conceituar relações espaciais, visualização do espaço tridimensional, e construção de modelos.

Inteligência corporal cinestésica - refere-se a habilidade de se usar o corpo todo, ou partes do corpo, como mãos ou boca, para resolver problemas ou moldar produtos.

Inteligência interpessoal – inclui habilidade de compreender pessoas, como trabalham, o que as motiva, como trabalhar eficientemente com elas.

Inteligência intrapessoal – é um tipo de habilidade de se fazer analogias. Significa dimensionar suas próprias qualidades de trabalho efetiva e eficazmente, a partir de um conhecimento apurado de si próprio, ou seja, saber quais os seus limites, quais suas aspirações e medos, e qual a capacidade de usar esse conhecimento para ser eficiente no mundo.

Estas inteligências nunca se encontram isoladas. Cada tarefa ou função envolve uma combinação de inteligências, sendo o principal desafio da educação entender as diferenças nos perfis intelectuais dos alunos, formando uma idéia de como desenvolvê-los.

Há também proposta das inteligências  pictórica e naturalista, mas, para efeito didático a autora vai considerar as sete iniciais.

Objetivos:

- Procurar melhor desempenho escolar cognitivo, afetivo e socialmente do aluno.

- Orientar aos pais sobre acompanhamento da vida  escolar dos filhos.

- Encaminhar para profissionais especializados os casos de saúde, favorecendo  a integração social e o desenvolvimento da aprendizagem.

- Assessorar os professores e direção dialogicamente, buscando equilibrar a vida escolar do aluno com retorno positivo ao longo de suas vidas.

Desenvolvimento:

- Levantamento dos alunos com desempenho escolar abaixo da média.

- Atendimento individual e em grupo.

- Parceria com professores, coordenadores, alunos, alunos monitores, pais e agregados, direção e funcionários para descoberta e acompanhamento dos alunos necessitados de acompanhamento psicopedagógico.

- Acompanhamento nas reuniões de pais

- Registro do atendimento oferecido

- Mediação de intervenções psicopedagógicas buscando sempre as melhores propostas para melhoria da qualidade e eficácia do processo de Ensino- Aprendizagem referente ao público alvo de atenção.

- Criação de espaços de escuta.

Avaliação:

A avaliação será continua mediante registro dos atendimentos feitos individualmente ou em grupo e com a apresentação de relatório mensal, semestral e anual do trabalho realizado.

Conclusão:

À medida que forem diagnosticadas as necessidades de intervenção Psicopedagógica, serão apresentadas propostas para auxiliar no equilíbrio das relações educacionais e o bom desempenho do Ensino Aprendizagem na Unidade Escolar.